IMPORTÂNCIA DA HISTÓRICA

IMPORTÂNCIA DA HISTÓRICA

OFICINAS DE MARACATU DE BAQUE VIRADO

OFICINAS DE MARACATU DE BAQUE VIRADO
PARTICIPE DAS NOSSAS OFICINAS, VENHA VIVENCIAR UMA DAS MAIS TRADICIONAIS EXPRESSÕES DA CULTURA AFROBRASILEIRA QUE É O MARACATU.

NOSSA HISTÓRIA

História e Atuação do Instituto Cultural Raízes
- Identidade Cultural e Cidadania -



Grupo de Jovens do Assentamento Parnaso em Água Preta/PE


COMO SURGIU O INSTITUTO RAÍZES

O Instituto Para o Desenvolvimento da Cultura e da Arte, também denominado de Instituto Cultural Raízes surgiu em 16 de fevereiro de 2001, em Água Preta, na zona da mata sul de Pernambuco, sob a forma de um Núcleo de Assessoria Técnica, fruto de uma iniciativa de várias pessoas que atuavam junto a diversas experiências da sociedade civil organizada, nas áreas de Juventude, Assentamentos da Reforma Agrária, Associativismo e Empreendedorismo.
           
Destaca-se no período de 2001 a 2006 a realização de diversos encontros de juventude e o 1º Encontro da Agricultura Familiar onde o ponto forte foram as manifestações culturais regionais, bem como assessoria e apoio a outras organizações sociais do agreste e do sertão na elaboração de projetos e na realização de vários eventos culturais, além do desenvolvimento de importante experiência em diversas comunidades de assentamentos da reforma agrária, cuja atuação foi baseada no estímulo ao resgate das origens sócio-culturais e na formação de lideranças juvenis.

Encontro de Formação de Jovens nos Assentamentos de Água Preta/PE

A partir de meados de 2006 os trabalhos se tornam mais intensos em outras regiões do Estado e, principalmente no sertão.
        
As ações passam então, a serem voltadas para a construção de políticas e experiências voltadas para a juventude e a cultura.

           


Evento Cultural realizado em Ouricuri, em Dez/2006 que contou com a Assessoria
e Projeto do Instituto Raízes

Em 2007, incentivou-se a participação nos fóruns regionais de cultura promovidos pelo Governo do Estado através da Fundarpe, além da realização de Conferências Municipais de Cultura e o incentivo para a criação de conselhos municipais de cultura em várias cidades, bem como a construção de parcerias para formação de ONG's e grupos de jovens voltados a prática cultural.

Projetos Culturais com Jovens do Sertão

No ano de 2009, iniciou-se um trabalho no município de Floresta a partir de uma assessoria para a implementação das políticas públicas de cultura e de Juventude, e já em novembro do mesmo ano realizou-se a 1ª edição da Semana da Consciência Negra, coincidindo com o Festival Pernambuco Nação Cultural, oportunidade em que foi constituído um amplo documentário sobre o evento e, que abriu caminho para a priorização de atuação na região.

Já no primeiro semestre de 2010, decidiu-se por instalar a sede na cidade de Floresta e alterar a denominação de Núcleo de Assessoria para INSTITUTO CULTURAL RAÍZES.


ÁREA DE ATUAÇÃO DO INSTITUTO RAÍZES

     O Instituto Raízes, com base em seus Estatutos Sociais, pode atuar em qualquer localidade do Estado de Pernambuco, no desenvolvimento das seguintes atividades:
- Cursos e Oficinas Culturais de Percussão, Danças e Artes
- Elaboração de Projetos Sociais e Culturais
- Pesquisas e Estudos
- Assessoria e Consultoria a instituições públicas e grupos culturais
- Realização de Eventos Culturais
- Inventário Turístico
- Políticas Públicas de Cultura e Juventude
- Planos Municipais de Cultura e de Juventude
- Organização de Conselhos de Juventude e Cultura
- Produção de Documentários
- Realização de Conferências, Foruns, Seminários, Palestras e Capacitação
nas diversas áreas da temática cultural afrobrasileira e indígena 


MISSÃO DO INSTITUTO RAÍZES

            A Missão do Instituto Raízes, definida em seu Planejamento Estratégico, está definida da seguinte forma: “DESENVOLVER AÇÕES DE RESGATE DAS TRADIÇÕES POPULARES, NA PERSPECTIVA DE PROMOVER A CONSTRUÇÃO DA IDENTIDADE SÓCIO-CULTURAL E O EXERCÍCIO DA CIDADANIA PLENA E ATIVA”.


LOCALIZAÇÃO DO INSTITUTO RAÍZES

Instituto Raízes tem sua sede localizada à Rua Eloi Torres de Barros, n° 81 - bairro Escondidinho - município de Floresta/PE, em espaço alugado, onde são realizadas as oficinas de artes, percussão e dança, bem como reuniões, estudos e ensaios dos grupos culturais mantidos pela instituição.


GESTÃO

     O Instituto Raízes é administrado por um Conselho Deliberativo composto de Presidente, Vice-Presidente, 1º, 2º e 3º Secretários; um Conselho Fiscal composto de 3 membros efetivos e 3 suplentes, além de uma Diretoria Executiva composta de: Diretor Executivo, Diretor Adjunto e Gerente Administrativo e Financeiro.
      As decisões são tomadas de forma coletiva através de reuniões e Assembléias.
      O Instituto Raízes mantém uma equipe de pessoas qualificadas (jovens e adultos) para a realização de oficinas de percussão, danças, artesanatos, audiovisual, entre outras.
       Ainda no aspecto da gestão administrativa, o Instituto Raízes mantém toda a documentação legal em dia, bem como a aplicação adequada dos recursos adquiridos, conforme estabelece os Estatutos.


UTILIDADE PÚBLICA

     Devido a sua intensa e permanente atuação no município de Floresta, o Instituto Raízes, foi reconhecido no ano de 2014, como de Utilidade Pública através da Lei Municipal nº 529/14.


MANUTENÇÃO ESTRUTURAL

     O Instituto Raízes se mantém através de doações, contribuições financeiras de sócios e apoiadores, vendagem de materiais de divulgação, da prestação de serviços a instituições governamentais e não governamentais, bem como da construção de parcerias com outras instituições.


PRINCIPAIS AÇÕES E PROJETOS

2007 a 2009

- Apoio a grupos culturais na elaboração de Projetos Mais Cultura, no sertão de Itaparica e Sertão Central
- Apoio a formação de Grupos Culturais e ONG’s

2009

– Documentário sobre o Festival Pernambuco Nação Cultural em Floresta/PE
- Celebração da Consciência Negra em Floresta

Projeto Identidade Cultural, idealizado pelo Instituto Cultural Raízes

2010

- Apoio para formação de Associação Quilombola em Floresta/PE
- Apoio ao Grupo Zumbi de Dança Afro e Percussão de Mirandiba/PE
– Realização do Projeto Identidade Cultural com oficinas de danças e percussão (afoxé, coco de roda, ciranda e capoeira) em escolas do município de Floresta
- Projeto Festival de Capoeira em Belém do São Francisco
- Apoio ao Projeto Música no Quilombo em Mirandiba/PE
Realização do Projeto Festa no Quilombo em Floresta e Mirandiba
- Celebração da Consciência Negra em Floresta
- Criação do Grupo Cultural Dandara em Floresta/PE
Produção e lançamento do Documentário “Quilombolas – Filhos do Pajeú”
- Pesquisa e edição do Livro “Quilombolas – Filhos do Pajeú”
- Oficinas de Percussão e danças em Mirandiba/PE

O Resgate da Identidade e o Reconhecimento Quilombola em Floresta
duas das principais ações do Instituto Raízes no município.
2011

- Apoio ao Ponto de Cultura “VIVENDO CULTURA” de Mirandiba
- Realização de Oficinas de percussão e danças em Mirandiba
- Apoio ao Projeto Gingando que se aprende em Belém do São Francisco
- Apoio ao Projeto Raízes Negras em Belém do São Francisco
Realização de oficinas culturais e profissionalizantes na Comunidade Quilombola Filhos do Pajeú
Gravação do CD Forró de Latada com Pedro Euzébio e Trio Pajeú
- Projeto Banda de Pífano na Comunidade Quilombola de Floresta
- Parceria com o Ponto de Cultura de Floresta
Realização de diversas apresentações culturais de dança e percussão em várias escolas estaduais e municipais e em vários eventos públicos
- Criações dos grupos culturais na Comunidade Quilombola Filhos do Pajéu, os quais foram: Banda de Pífanos, Grupo de Mazurca e Grupo de Dança Flor do Pajeú
- Celebração da Consciência Negra em Floresta
- Criação do Grupo Percussivo de Maracatu de Baque Virado em Floresta/PE

Encontros de Tradições Culturais resgatando e fortalecendo
as referências populares da Cultura de Floresta
2012

Realização do Projeto Juventude e Cultura em parceria com o Instituto da Juventude, com oficinas de danças e percussão para adolescentes e jovens em situação de risco e vulnerabilidade social dos bairros de Floresta e jovens de comunidades da zona rural
Realização de Encontros de Tradições Culturais nas comunidades de Floresta, onde se destaca o resgate e preservação de várias tradições como o São Gonçalo, Banda de Pífano, Forró Pé-de-Serra, Xaxado, Mazurca e Toré, além da vivência de outras tradições afroindigenas, tais como: coco de roda, ciranda, maculelê, caboclinho, capoeira, afoxé e maracatu
Ações de incentivo a formação de grupos culturais em Floresta e região
Realização do Projeto Afrobatuque com a constituição de grupos percussivos com crianças, adolescentes e jovens de origem quilombola e indígena
Realização de diversas apresentações culturais de dança e percussão em várias escolas estaduais e municipais e em vários eventos públicos
Resgate e preservação da Dança de São Gonçalo
- Apresentação no Projeto Cultura Livre nas Feiras em Floresta
Realização de oficinas na sede da entidade: artesanato, fabricação de instrumentos, danças populares, percussão, violão, pintura em tela e capoeira
- Celebração do Dia Nacional da Consciência Negra 

Grupo Maracatu Afrobatuque de Floresta, mantido pelo
Instituto Cultural Raízes
2013

Projeto Juventude e Cultura em parceria com o Instituto da Juventude, com oficinas de danças e percussão para adolescentes e jovens em situação de risco e vulnerabilidade social dos bairros de Floresta e jovens de comunidades da zona rural
- Apresentações no Projeto Cultura Livre nas Feiras em Floresta
- Oficinas Culturais para o Programa CCA - I em Floresta
- Oficinas de Maracatu e Afoxé com Mestres de Recife
- Apresentações culturais em vários municípios do Sertão
Realização de diversas apresentações culturais de dança e percussão em várias escolas estaduais e municipais e em vários eventos públicos
- Realização do 1º Festival Multicultural da Juventude
- Celebração do Dia Nacional da Consciência Negra

Grupo Afoxé Filhos de N'Zambi, mantido pelo Instituto Cultural Raízes
2014

Realização de oficinas na sede da entidade: artesanato, fabricação de instrumentos, danças populares, percussão, violão, pintura em tela
Apresentações culturais em várias escolas estaduais e municipais e em vários eventos públicos
Apresentações culturais em vários municípios do Sertão
- Realização do Projeto Mais Cultura na Escola, na Escola Estadual Maria Emília Cantarelli de Belém do São Francisco
- Gravação de Matéria para a TV Asa Branca
- Celebração do Dia Nacional da Consciência Negra em Floresta

Grupo Cultural Sou da Terra
2015

- Apresentações culturais em vários municípios do Sertão
Realização de diversas apresentações culturais de dança e percussão em várias escolas estaduais e municipais e em vários eventos públicos
- Realização de Oficinas de Percussão abertas ao público em geral na sede da entidade
- Realização de Mutirões para revitalização da Praça e recuperação da Quadra Poliesportiva do Bairro do Vulcão
- Criação da Escolinha de Futsal do Vulcão
- Realização de Torneios de Futsal na Comunidade do Vulcão
- Celebração do Dia Nacional da Consciência Negra em Floresta PE
- Realização do 1º Encontro Multicultural da Juventude
- Criação do Espaço Sócio-Cultural Elias de Flora
- Realização de oficinas no Espaço Elias de Flora: artesanato, fabricação de instrumentos, danças populares e percussão

Celebração da Consciência Negra, uma das principais marcas do
Instituto Cultural Raízes em Floresta/PE
2016

- Realização de oficinas no Espaço Elias de Flora: artesanato, fabricação de instrumentos, danças populares e percussão
Realização do Projeto Mais Cultura na Escola, na Escola Estadual Maria Emília Cantarelli de Belém do São Francisco
- Apresentações culturais em vários municípios do Sertão
Realização de diversas apresentações culturais de dança e percussão em várias escolas estaduais e municipais e em vários eventos públicos
- Participação na Caminhada da Paz em Floresta PE
- Celebração do Dia Nacional da Consciência Negra em Floresta PE
- Celebração do Dia Nacional da Consciência Negra em Mirandiba PE
- Celebração do Dia Nacional da Consciência Negra em Serra Talhada PE

2017

- Realização de Oficinas de Percussão e danças abertas ao público em geral na sede da entidade
Apresentações culturais em municípios do Sertão e do Agreste
- Realização de apresentações culturais em Floresta PE
- Participação no Grito dos Excluídos em Floresta PE
- Participação na Caminhada Pela Paz em Floresta PE
Celebração do Dia Nacional da Consciência Negra em Floresta PE
- Participação do Fórum em Defesa das Águas do São Francisco, em Petrolândia PE                                      

No decorrer de sua trajetória, o INSTITUTO CULTURAL RAÍZES se consolidou como a única instituição sócio-cultural (em Floresta e região) que desenvolve através de uma prática constante e permanente, diversas ações atendendo os públicos de crianças, adolescentes, jovens e adultos, na perspectiva de resgate das tradições e da produção cultural como forma alternativa de vivência de experiências positivas de vida e de formação cidadã.


AÇÕES ATUAIS E PERMANENTES


Atualmente, o INSTITUTO CULTURAL RAÍZES mantém de forma permanente em Floresta, os seguintes grupos culturais e atividades:

- Grupo Cultural MARACATU AFROBATUQUE 
- Grupo Cultural AFOXÉ FILHOS DE N'ZAMBI
- Grupo Cultural SOU DA TERRA
- Grupo Cultural DANDARA
- Grupo Cultural AFRO MULHER 
- Oficinas semanais de Maracatu de Baque Virado 
- Atendimento a crianças, adolescentes e jovens com oficinas de artes, artesanato, danças e percussão, além de atividades recreativas
- Escolinha de Futsal do Vulcão, atendendo a crianças e adolescentes da comunidade.

Além de todas essas ações permanentes, o Instituto se faz presente em vários eventos públicos, realizando palestras e apresentações culturais.

BELÉM DO SÃO FRANCISCO

Em Belém do São Francisco o Instituto Raízes, nos anos de 2014 e 2016, atuou como entidade parceira junto a Escola Estadual Maria Emília Cantarelli, na implementação do Programa Mais Cultura na Escola, sendo responsável pela realização de oficinas de percussão e danças afrobrasileira, foruns e palestras, entre outras atividades.

Também em Belém o Instituto iniciou em 2016 a formação de um Grupo Cultural de Maracatu.


ATIVIDADES REGIONAIS

O Instituto Cultural Raízes, vem desenvolvendo desde 2010 e sobretudo, desde 2013, várias participações em eventos de cultura popular, realizados nas cidades de: Exu, Ouricuri, Parnamirim, Salgueiro (Comunidade Quilombola de Conceição das Crioulas), Terra Nova, Petrolândia, Itacuruba, Belém do São Francisco, Afogados da Ingazeira, Arcoverde e Altinho, com os grupos de Maracatu, Afoxé e Sou da Terra.

Nenhum comentário:

Postar um comentário