IMPORTÂNCIA DA HISTÓRICA

IMPORTÂNCIA DA HISTÓRICA

OFICINAS DE MARACATU DE BAQUE VIRADO

OFICINAS DE MARACATU DE BAQUE VIRADO
PARTICIPE DAS NOSSAS OFICINAS, VENHA VIVENCIAR UMA DAS MAIS TRADICIONAIS EXPRESSÕES DA CULTURA AFROBRASILEIRA QUE É O MARACATU.

quinta-feira, 19 de abril de 2018

Lançamento do Projeto Arte e Vida no Bairro do DNER

Rapper Gil, cantando uma de suas composições

No domingo dia 15 de abril de 2018, foi realizado o lançamento do Projeto ARTE E VIDA no Bairro do DNER.

A programação contou com exposição de artesanato e culinária regional, além de apresentações culturais de talentos da Comunidade e, do Maracatu Afrobatuque.

O Projeto é uma iniciativa da Comunidade do DNER em parceria com a Paróquia de Floresta e que tem sua elaboração e execução sob a responsabilidade do Instituto Cultural Raízes.

O Projeto ARTE E VIDA, tem como objetivo principal Promover a valorização da vida, a partir da construção da identidade sócio-cultural e da formação para a cidadania.


São também objetivos do Projeto:

– promover a vivência das expressões culturais de origem afro-brasileira e indígena, através da música, da dança e das artes, na perspectiva (inclusive) da geração de renda alternativa;
– incentivar a construção da identidade sócio-cultural, como forma de compreensão da realidade, a partir do local/comunidade/território e de formação para cidadania plena e ativa;
- colaborar para a construção de projetos de vida, baseado nos valores humanos de uma sociedade fraterna e igualitária;
– contribuir para a eliminação do preconceito e da discriminação racial.

A programação de atividades do Projeto, inclui realização de oficinas de percussão, danças, artesanatos e culinária, entre outras, fundamentada na construção da identidade sócio cultural e a formação para a cidadania.

Padre Giovanni Malacrida,  Pároco de Floresta


Usando da palavra, o Pároco de Floresta, Padre Giovanni Malacrida falou da importância do Projeto como forma de (a luz da Campanha da Fraternidade) buscar a superação da violência, através de ações que valorizem a vida.

Libânio Neto, Diretor Presidente do Instituto Cultural Raízes
Por sua vez, Libânio Neto, Diretor Presidente do Instituto Cultural Raízes, afirmou acreditar que o Projeto terá sucesso e alcançará seus objetivos, a partir do interesse e do potencial existente na Comunidade do DNER.

Os próximos passos do Projeto será o cadastramento das pessoas interessadas em participar, bem como a busca de parcerias, para que a partir de maio já tenha início o desenvolvimento das atividades.

Catequista Saúde falando sobre a expectativa da Comunidade
Representando a Comunidade, a Professora e Catequista, Saúde, falou da expectativa positiva que toma conta das pessoas, vendo a possibilidade de colocar em prática as ações do Projeto Arte e Vida e de seus resultados positivos para todos, especialmente adolescentes, jovens e mulheres.

Grupo Cultural Maracatu Afrobatuque
O Grupo Cultural Maracatu Afrobatuque, mais uma vez foi destaque, mostrando toda a alegria e energia de uma das mais tradicionais manifestações da Cultura Afrobrasileira, Pernambucana e Nordestina que é o Maracatu.

Também se fizeram presentes ao evento o Prefeito Municipal Ricardo Ferraz, acompanhado do Vice-Prefeito Pedrinho Vilarim e a Secretária de Desenvolvimento Social Ivoneide Souza Ferraz, os quais expressaram interesse da Prefeitura Municipal em apoiar o Projeto.

segunda-feira, 16 de abril de 2018

Instituto Raízes construindo parceria com a Associação Quilombola da Borda do Lago em Petrolândia




O Instituto Cultural Raízes, representado pelos Diretores Libânio Neto, Washington Luiz Alves e Marciano Lima, esteve na manhã desse domingo dia 15 de abril de 2018, na Comunidade Quilombola da Borda do Lago - Negros de Betinho -, no município de Petrolândia-PE, em reunião com vários integrantes da Comunidade e do Grupo Cultural, com a finalidade de debater as possibilidades de parceria para a realização de atividades voltadas à cultura afrobrasileira e quilombola.

A reunião foi bastante participativa, por parte dos(as) jovens e representantes da Associação, à exemplo do seu Presidente Abraão, e demais diretores como João Paulo, Otaviano e Cássia. 

Ao final ficou encaminhado que se darão passos concretos para a construção de um Projeto que terá como objetivos a realização de oficinas e estudos sobre a identidade sócio cultural e a vivência de tradições culturais das comunidades negras/quilombolas, a partir da realidade da comunidade e suas potencialidades.

quarta-feira, 11 de abril de 2018

Instituto Raízes realiza Bingo Beneficente para ajudar a manter suas atividades



O Instituto Raízes passa por imensas dificuldades financeiras para manter suas atividades, pois não conta na atualidade com qualquer tipo de apoio financeiro ou parceria que permita custear a manutenção da sede e dos trabalhos realizados pela entidade, que atende uma média de 50 (cinquenta) crianças, adolescentes e jovens com oficinas culturais, num trabalho sócio-cultural e educativo que é referência em Floresta e região.

O Instituto Raízes se encontra sob o risco de paralisar suas atividades, por não ter como pagar as despesas de aluguel e manutenção da sede, bem como os custos com a realização das oficinas e demais atividades formativas.

Por essa razão está organizando a realização de um Bingo Beneficente, o qual ocorrerá no dia 27 de maio de 2018.

Todos(as) os(as) interessados(as) em ajudar, poderá adquirir as cartelas do Bingo com qualquer componente do Instituto Raízes, bem como através do whatsapp (87) 9927.9125.

Instituto Raízes lança Campanha em busca de apoio financeiro



O Instituto Cultural Raízes está lançando uma Campanha de Financiamento Coletivo, com o objetivo de buscar apoio financeiro para custear a manutenção de suas atividades.

Nos últimos anos, o Instituto Raízes vinha mantendo suas atividades em Floresta/PE, sendo custeadas a partir de parcerias construídas especialmente com o Instituto da Juventude, bem como através da realização de diversas prestações de serviços, projetos, oficinas e apresentações culturais.

Desde o ano passado (e sobretudo agora) o Instituto Raízes não conta com qualquer tipo de apoio financeiro ou parceria que permita custear a manutenção da sede e dos trabalhos realizados pela entidade, que atende uma média de 50 (cinquenta) crianças, adolescentes e jovens com oficinas culturais, num trabalho sócio-cultural e educativo que é referência em Floresta e região.

A entidade se encontra no momento, sob o risco de paralisar suas atividades, por não ter como pagar as despesas de aluguel e manutenção da sede, bem como os custos com a realização das oficinas e demais atividades formativas.

Para saber como participar da campanha e ajudar o Instituto Raízes, acesse nosso site, nesse link aqui: http://www.institutoculturalraizes.org.br/p/campanha-de-financiamento-solidario.html.

Conheça também o Projeto Arte e Vida que é o Projeto Piloto do Instituto Raízes na Comunidade do Vulcão/Escondidinho, na cidade de Floresta/PE http://www.institutoculturalraizes.org.br/p/projeto-arte-e-vida.html.

PARTICIPE, DIVULGUE, COMPARTILHE ESSA IDÉIA.
DEPENDEMOS DE SEU APOIO PARA CONTINUARMOS NOSSO TRABALHO.




terça-feira, 10 de abril de 2018

CONCURSO BELEZA NEGRA ADIADO


O Instituto Cultural Raízes vem comunicar a todas as pessoas interessadas e, as que já haviam realizado inscrição para o Concurso Beleza Negra de Floresta e também de Belém do São Francisco, que ambos os concursos foram adiados, sem data prevista para sua realização.

As razões pelas quais nos vimos obrigados a adiar, foi em primeiro lugar por não dispormos de recursos financeiros para a realização dos referidos eventos e, pelo fato de não termos conseguido os patrocínios necessários.

Esperamos contar com a compreensão de todas e reafirmamos nosso interesse em poder futuramente realizar ambos os eventos, por considerarmos ser de grande importância para o processo de afirmação da negritude da mulher afrobrasileira de Floresta e Belém do São Francisco.

sexta-feira, 23 de março de 2018

Aniversariante do Dia - Ciano Lima


O Instituto Cultural Raízes parabeniza hoje o jovem MARCIANO JUNIOR DE LIMA SILVA GOMES, CIANO LIMA, pela passagem de mais um ano de vida.

Uma pessoa do bem que iniciou sua participação no Instituto Raízes em agosto de 2012 e, no decorrer desses quase 6 anos, cresceu em aprendizado, demonstrando um caráter excepcional, dedicação e compromisso para a luta desenvolvida pela entidade, tornando-se um dos mais importantes componentes do Instituto Raízes e dos seus grupos culturais.

Parabéns Marciano, muita paz, saúde, felicidades e luz no seu caminho, além de vida longa, é o que desejamos a você.

Que Olorum e os Orixás lhe guiem e abençõe.

Axé!

quarta-feira, 21 de março de 2018

Instituto Raízes inicia Campanha contra o Racismo e o Preconceito



O Instituto Cultural Raízes em celebração a esse dia 21 de março DIA INTERNACIONAL DE LUTA CONTRA A DISCRIMINAÇÃO RACIAL, lança a Campanha #DIGANÃOAORACISMO, como forma de expressar a resistência do povo negro contra um dos maiores crimes da história da humanidade, que é o racismo.

Juntamente com os povos indígenas, o povo negro tem sido historicamente vítima de preconceito e racismo e, quando se fala da cor da pele, a carga de racismo é ainda mais forte contra o povo negro.

O Brasil é o país com maior população negra, fora da África e, mesmo assim, por seu histórico social alicerçado no racismo e no preconceito, mata anualmente mais de 60 mil pessoas, resultado da violência social instalada, cujas principais vítimas são o povo pobre marginalizado e excluído, moradores de periferias e favelas.

Desses, a maior parte são jovens e mulheres, vítimas da violência praticada pelo crime organizado, pelo Estado e pela cultura do feminicídio. Absurdamente a maioria absoluta das vítimas são negros e indígenas.

Trata-se de um crime contra a humanidade, de extermínio de um povo por conta de sua condição social e da cor da pele.

Um agravante desse quadro é a crescente onda de intolerância, preconceito e racismo, expressados sobretudo nas redes sociais e em nosso cotidiano, inclusive em instituições "educacionais".

Se faz necessário promover uma constante e efetiva luta de resistência, que inclua diálogos, debates, reflexões históricas e ações afirmativas que se contraponham a essa onda desumana e absurda.

E é nesse sentido, que o Instituto Raízes resolve ampliar sua atuação (já reconhecida), com a realização dessa Campanha.

Para participar, as pessoas devem compartilhar ao máximo a nossa hashtag: #DIGANÃOAORACISMO, bem como podem gravar seu próprio vídeo demonstrando seu repúdio ao racismo e ao preconceito.