IMPORTÂNCIA DA HISTÓRIA

IMPORTÂNCIA DA HISTÓRIA

VEM AI O MAIOR EVENTO DE CULTURA AFROBRASILEIRA DO SERTÃO PERNAMBUCANO

VEM AI O MAIOR EVENTO DE CULTURA AFROBRASILEIRA DO SERTÃO PERNAMBUCANO
10 ANOS DE CONSCIÊNCIA NEGRA EM FLORESTA-PE

PROJETO TV RAÍZES

PROJETO TV RAÍZES
CONHEÇA NOSSO PROJETO - SEJA NOSSO PARCEIRO(A)

terça-feira, 18 de setembro de 2018

Instituto Raízes recebe visita de estudantes do México e França


No dia 15 de julho de 2018, o Instituto Cultural Raízes recebeu a visita especial de duas estudantes de mestrado em Ecologia Internacional pela Universidade de Sherbrooke (Québec, Canada).

A estudante Constance Marty está realizando um projeto relacionado à preservação e restauração da mata ciliar do Rio Pajeú, no município de Floresta (Pernambuco). Depois de selecionar espécies nativas da Caatinga, será estruturado uma sementeira e produzido diversos documentos técnicos e de conscientização. Entre eles, a elaboração de um guia de produção de mudas de árvores da mata ciliar e um treinamento sobre o tema, além de um jogo pedagógico de memória para reconhecimento de espécies típicas do Pajeú.

Por outro lado, pela parte de ECOSUR (México), a estudante do mesmo mestrado, Samantha Dávalos Segura está realizando um projeto relacionado ao conhecimento do estado de conservação da mata ciliar ao longo do Rio Pajeú no município de Floresta. O objetivo do projeto é conhecer o grau de afetação causado por espécies exóticas (como algaroba), superexploração e/ou desmatamento. Com base nos resultados obtidos, um mapa será feito e serão apresentadas propostas para a conservação / restauração do ecossistema, bem como suas espécies nativas.

Foi um encontro muito positivo que nos permitiu conhecer sobre o trabalho das estudantes em nosso município e, pudemos mostrar-lhes um pouco das ações que desenvolvemos em Floresta e região.

quinta-feira, 13 de setembro de 2018

Instituto Raízes é destaque em desfile da Escola Major João Novaes



No dia 07 de setembro de 2018, o Instituto Cultural Raízes participou do desfile junto à Escola Municipal Major João Novaes, na cidade de Floresta/PE, sendo destaque com o Grupo Maracatu Afrobatuque.

A participação atendeu ao convite da Gestão da Escola, tendo em vista que a temática foi totalmente voltada para a questão da realidade do negro(a) na sociedade brasileira e por ser o Instituto Raízes, parceiro há vários anos da Escola que se encontra instalada na Comunidade do Escondidinho/Vulcão, Comunidade esta em que se realiza o principal trabalho do Instituto Raízes e que tem um perfil predominantemente composto por remanescentes quilombolas.


A forma com que a Escola se apresentou, dando ênfase e destaque para a realidade do negro(a) e especialmente a personagens negros(as) da vida de Floresta/PE e ao trabalho pioneiro, inovador e único do Instituto Raízes na cidade e na região, foi uma forma de reconhecimento e valorização da força e representatividade dos afrobrasileiros(as) e afroflorestanos(as), os quais são na maioria das vezes esquecidos ou passam despercebidos em meio aos "ambientes ou eventos sociais".

As alas da Escola, trouxeram desde os dados estatísticos da realidade do negro(a) na sociedade, passando pelo racismo e o preconceito expressados no dia-a-dia e nas redes sociais e, mostrando especialmente a força de resistência do povo negro, expressada na cultura, na religiosidade e na superação, com a ocupação de espaços na sociedade, antes negados.

A Escola, destacou ainda a beleza negra presente nas mulheres afroflorestanas e a magia e o Axé do Grupo Cultural Maracatu Afrobatuque (principal grupo criado e mantido pelo Instituto Raízes), que completou no último dia 02/09/2018, 07 (sete) anos de sua fundação no município de Floresta.

A apresentação/desfile recebeu inúmeros aplausos e elogios por parte de várias pessoas ligadas à Educação no município, bem como de diversos populares presentes, que destacaram a criatividade e a ousadia da abordagem mais completa sobre o tema feita por uma Escola até o presente momento.

A Diretoria do Instituto Raízes, bem como a Comunidade do Escondidinho/Vulcão, agradece a Escola Municipal Major João Novaes, nas pessoas de sua gestora Corrita Souza, de toda a equipe de professores(as) e auxiliares, pela oportunidade, pela confiança e pela parceria que resultou num desfile excepcional e num momento inesquecível ara todos(as).

quarta-feira, 12 de setembro de 2018

Começa a ser criado o Centro de Artesanato Diocesano


Mais uma experiência positiva começa a ser desenvolvida na Diocese de Floresta. Trata-se da criação do Centro de Artesanato Diocesano, que tem como objetivos principais o incentivo e apoio ao desenvolvimento do artesanato local e regional, valorizando a arte e os artesãos.

O Projeto contará com uma loja, no Centro de Formação Diocesano na cidade de Floresta/PE, que já se encontra em funcionamento, desde o dia 08 de setembro do corrente ano.

Também será realizado um levantamento do potencial do artesanato popular na área da Diocese, com cadastro dos artesãos e divulgação de suas obras.

A Coordenação do Projeto é de responsabilidade da Irmã Darcylene Graciliano, que atuará em parceria com o Projeto Arte e Vida, potencializando as ações junto aos(as) artesãos nas comunidades.

Os artesãos e artesãs da região, especialmente quilombolas e indígenas, que tiverem interesse em participar do Projeto, deve entrar em contato com a Irmã Darcylene através do número celular e zap (87) 99620-7417.

Instituto Raízes participa ativamente de Seminário de Cidadania e Participação Social



No dia 08 de setembro de 2018, o Instituto Cultural Raízes participou do Seminário de Sensibilização - Cidadania e Participação Social, realizado pela Diocese de Floresta.

O Instituto Raízes é parceiro da Diocese de Floresta em mais essa ação, desde sua idealização, atuando na preparação, divulgação e organização, junto à equipe formada pela Coordenação de Leigos e o Projeto Cultura de Paz.

No Seminário, a equipe do Instituto Raízes participou dos grupos temáticos, assessorou a temática A Política por dentro, fez a animação do evento com músicas de Coco de Roda e foi responsável pelo registro audiovisual de toda a programação.

Nossos agradecimentos ao Bispo Diocesano Dom Gabriel Marchesi, a Irmã Darcylene, a Alaide do Projeto Cultura de Paz, além de Simone e José Luiz da Coordenação de Leigos e da Escola Missionária, pela confiança em nossa instituição e em nossa capacidade de construir coletivamente uma parceria que representa esperança de dias melhores para nossa gente.

Diocese de Floresta realiza Seminário de Cidadania e Participação Social

Bispo Diocesano Dom Gabriel Marchesi, em sua fala de boas vindas aos participantes

A Diocese de Floresta, realizou no último sábado da 08 de setembro de 2018, o Seminário de Sensibilização - Cidadania e Participação Social, que contou com a participação de representantes das cidades localizadas na área de atuação da Diocese, além de representações de ONG's, Movimentos Sociais e outros grupos organizados.

O Seminário foi uma iniciativa da Diocese de Floresta, juntamente com os seus diversos setores pastorais e em parceria com as organizações sociais à exemplo do Instituto Cultural Raízes e, tratou de refletir sobre a crise atual porque passa o país e seus reflexos em nossa região. 

Momento inicial da palestra sobre Análise de Conjuntura
Num primeiro momento de debates, foi realizada uma Análise de Conjuntura, assessorada por Antenor Lima, que estimulou uma reflexão sobre a realidade atual e os desafios para os setores populares e cristãos, que figura de forma mais intensa com a proximidade das eleições. 

Em seguida, aconteceu uma exposição realizada pelo Padre Luciano Aguiar, com o tema À Luz da Realidade, refletindo sobre referências da atuação social da Igreja Católica.


Antenor Lima - Assessor do Seminário, abordando a Análise de Conjuntura
Após as palestras, foram formados grupos a partir dos Eixos Temáticos, com seus facilitadores/oficineiros(as).

Os temas abordados foram: A Igreja e a Política, que teve como facilitador, Ari Amorim; Um olhar sobre nossa Realidade, cujo facilitador foi Whodson Robson da Silva; A Política por Dentro, com Libânio Neto; A corrupção e suas consequências, que teve como facilitadora, Paola Fracinett da Silva Pereira e, A Comunicação e a manipulação de Informações, cuja facilitadora foi a jornalista Raquel Rocha.

Grupo Temático que trabalhou o tema A POLÍTICA POR DENTRO
Após o encerramento dos trabalhos em grupos, retornou-se à Plenária para apresentação dos resultados do debate, propostas de ações e definições, onde foi consenso entre todos(as) a necessidade de atuar no esclarecimento e orientação quanto ao momento atual, o desafio das eleições, o combate à compra de votos, bem como o desenvolvimento de mecanismos de acompanhamento e reflexão permanente sobre a atuação dos setores governamentais, por parte da Diocese de Floresta, em parceria com os demais seguimentos sociais.



Encerrando o Seminário, o Bispo Diocesano Dom Gabriel Marchesi, dirigiu uma contundente mensagem a todos(as) alertando especialmente quanto ao momento do voto e a necessidade de agirmos e votar com dignidade, informação e memória, como formas de garantir uma sociedade democrática, com justiça e direitos. 

Projeto Arte e Vida incentivando a prática do Futsal


Na terça-feira dia 11 de setembro de 2018, a noite foi especial na Quadra Poliesportiva do Vulcão, com o início das atividades esportivas do Projeto Arte e Vida na Comunidade.

As atividades que já vinham sendo realizadas desde 2015, pela Escolinha de Futsal do Vulcão, agora toma um formato mais amplo e um reforço especial, estando incluídas no Projeto Arte e Vida, que é mais uma das ações inovadoras do Instituto Cultural Raízes, tendo recebido essa denominação a partir da construção de parceria com a Diocese de Floresta e a Paróquia de Floresta.

Nas atividades dessa noite contamos com uma grande participação com a frequência de em média 35 meninos e meninas, número esse que chegará aos 50 já na próxima semana.

terça-feira, 11 de setembro de 2018

A prática esportiva é também uma das ações do Projeto Arte e Vida

Equipe Futsal Masculina com idades entre 8 e 10 anos

Equipe Futsal Masculina com idades entre 11 e 13 anos
No domingo dia 09 de setembro de 2018, na Quadra Poliesportiva do Vulcão, completando a programação do início das atividades do Projeto Arte e Vida na Comunidade do Escondidinho/Vulcão, realizou-se amistosos entre as equipes da Escolinha de Futsal do Vulcão e a Escolinha Flaresta de João Henrique.

Na primeira partida envolvendo meninos entre 8 e 10 anos, a Escolinha de João Henrique foi a vencedora, com um placar bastante alargado. O gol de honra da Escolinha de Futsal do Vulcão, foi de Lázaro.

Na segunda partida com meninos entre 11 e 13 anos, foi vencedora a Escolinha de Futsal do Vulcão.

Destaque importante (que vai além dos resultados das partidas) foi o respeito entre as equipes, o jogo limpo e bastante disputado, mostrando que a razão maior do esporte é a promoção da integração, das amizades e a valorização da vida.

Confira nos vídeos: