PROJETO TV RAÍZES

PROJETO TV RAÍZES
CONHEÇA NOSSO PROJETO - SEJA NOSSO PARCEIRO(A)

sábado, 17 de dezembro de 2016

Instituto Raízes incentiva parcerias no Sertão


No dia 27 de novembro de 2016, o Instituto Cultural Raízes, realizou reunião com os grupos participantes da 8ª Celebração da Consciência Negra em Floresta/PE, dos quais estiveram presentes o Grupo Zumbi de Dança Afro e Percussão (de Mirandiba), o Maracatu de Baque Virado Nação Salgueirense (de Salgueiro) e a Cia. de Danças na Pisada do Sertão Terranovense.

Em pauta, os passos necessários para consolidar uma parceria entre os grupos, na troca de experiências e vivências culturais, através de oficinas, encontros e eventos temáticos.

O início da troca de experiências se produzirá em janeiro de 2017, onde nos dias 7 e 8 em Mirandiba, será realizado estudo e oficina sobre Afoxé, cuja programação também ocorrerá nos dias 14 e 15 também de janeiro, em Terra Nova.

sábado, 10 de dezembro de 2016

Instituto Raízes na Consciência Negra em Serra Talhada


No dia 20 de Novembro de 2016, DIA NACIONAL DA CONSCIÊNCIA NEGRA, o Instituto Cultural Raízes participou do evento de Celebração da Consciência Negra em Serra Talhada à convite da Secretaria de Desenvolvimento Social e Igualdade Racial, que tem como Secretário Josenildo André Barbosa e o coordenador de Igualdade Racial, Pai Hebert, cujo evento foi organizado pelo
Ilê Axé Omó Oyá Onirakãn, sob a administração do Sacerdote de Matriz Africana Babá Onirasilé.

A programação contou com a realização de Cortejo Cultural pelas ruas centrais da cidade, ao som do baque virado do Maracatu Afrobatuque de Floresta e a participação de vários grupos culturais à exemplo do Grupo Zumbi de Dança Afro e Percussão de Mirandiba.

Após o cortejo, em frente à Igreja do Rosário dos homens pretos, ponto histórico da cidade, realizou-se uma celebração ecumênica, seguida de apresentações de Afoxé por parte do Grupo Zumbi e do Afoxé Filhos de N'Zambi, de Floresta.

Foi mais uma oportunidade para mostrar o trabalho do Instituto Raízes, que ultrapassa as fronteiras de Floresta, levando o Axé, o respeito e a valorização das tradições culturais e religiosas, afrobrasileiras.

Ações afirmativas como essas, são indispensáveis na luta contra o preconceito e a discriminação racial, historicamente exercida contra as minorias e sobretudo, contra os povos de Matriz Africana e indígenas de nosso país, afirma Libânio Neto, Diretor Presidente do Instituto Cultural Raízes.  

Maracatu Afrobatuque faz apresentação na Erem Tercina Roriz em Belém do São Francisco


No dia 30 de novembro de 2016, o Instituto Cultural Raízes concluiu sua agenda do mês da Consciência Negra, realizando uma apresentação do Maracatu Afrobatuque de Floresta, na Erem Tercina Roriz em Belém do São Francisco.

Atendendo o convite da escola que estava promovendo evento voltado para a temática sobre a história da África, o Grupo realizou uma empolgante apresentação de Maracatu que agradou a todos os presentes.

Com um repertório voltado para homenagens a Naná Vasconcelos e a Nação do Maracatu Porto Rico, o Maracatu Afrobatuque mostrou todo o Axé que envolve a tradição e os fundamentos do Maracatu de Baque Virado, uma das mais importantes manifestações culturais afrobrasileiras, genuinamente pernambucana, reconhecido como Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil e que é reconhecido em várias partes do mundo.

quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

Consciência Negra em Floresta é marcada por muita emoção

Foto: Blog do Elvis
No sábado dia 26 de novembro de 2016, realizou-se a 8ª Celebração da Consciência Negra em Floresta/PE.

O evento ocorreu na Quadra Poliesportiva do Bairro do Vulcão e reuniu grupos culturais de Arcoverde, Mirandiba, Salgueiro, Terra Nova e Belém do São Francisco, além do Maracatu Afrobatuque de Floresta, do Afoxé Filhos de N'Zambi e Grupo Dandara, mantidos pelo Instituto Cultural Raízes.

Estiveram presentes ainda o Mestre Shacon Viana da Nação do Maracatu Porto Rico e a Mestra Joana Cavalcanti da Nação do Maracatu Encanto do Pina.

Momento de Homenagens ao Mestre Shacon e a Mestra Joana.
Iniciando as apresentações foi realizada homenagem especial a Naná Vasconcelos, conduzida pelo Mestre Shacon Viana e pela Mestra Joana Cavalcante.

Em seguida, o Maracatu Afrobatuque de Floresta, realizou (juntamente com demais grupos presentes) homenagem especial a Nação do Maracatu Porto Rico, pelos seus 100 anos de lutas e glórias, completados no último dia 7 de setembro, sendo também homenageados o Mestre Shacon e a Mestra Joana.

Dando continuidade aconteceram as apresentações do Maracatu Nação Salgueirense (de Salgueiro), do Maracatu Raízes do Sertão (de Arcoverde), da Companhia de Danças na pisada do sertão terranovense (de Terra Nova), do Grupo Dandara (de Floresta), do Grupo Zumbi de Dança Afro e Percussão (de Mirandiba) e, encerrando à noite, o Afoxé Filhos de N'Zambi (de Floresta).

Em mais um ano o evento da Consciência Negra em Floresta mostrou sua força e, se consolida (cada vez mais) como o maior evento de Cultura Afrobrasileira do Sertão Pernambucano.

Na avaliação da comunidade, dos vários grupos participantes, dos Mestres convidados e da Diretoria do Instituto Cultural Raízes, o evento atingiu seu objetivo maior e mostrou a viabilidade de se promover eventos culturais na Comunidade, numa perspectiva de ações afirmativas voltadas para a conscientização do papel dos afrobrasileiros na construção da sociedade e, como forma de eliminar preconceitos.