IMPORTÂNCIA DA HISTÓRICA

IMPORTÂNCIA DA HISTÓRICA

OFICINAS DE MARACATU DE BAQUE VIRADO

OFICINAS DE MARACATU DE BAQUE VIRADO
PARTICIPE DAS NOSSAS OFICINAS, VENHA VIVENCIAR UMA DAS MAIS TRADICIONAIS EXPRESSÕES DA CULTURA AFROBRASILEIRA QUE É O MARACATU.

sábado, 27 de maio de 2017

Instituto Raízes participa de Seminário sobre Povos Tradicionais de Floresta/PE

Libânio Neto, falando sobre o trabalho do Instituto em Floresta/PE (Foto: Kêco Cavalcante)

Na última terça-feira, dia 23 de maio, o Instituto Cultural Raízes participou do 1º Seminário de Acolhimento aos Povos e Comunidades Tradicionais de Floresta/PE, realizado pela Prefeitura Municipal através da Secretaria de Desenvolvimento Social e Trabalho, e da Secretaria de Políticas da Mulher.

O evento contou ainda com o apoio e a participação da Secretaria Municipal de Educação, Cultura e Esportes, da Secretaria Municipal de Saúde e da Secretaria de Meio Ambiente e Sustentabilidade do Estado de Pernambuco.

Foram realizadas palestras sobre os seguintes temas:
- Importância da Lei nº 10.639, feita pelo Mestre Lepê Correia;
- Políticas Educacionais dos Povos Indígenas, feita pela Profª Elizângela Nascimento;
- Políticas de atenção as Mulheres de Comunidades e Povos Tradicionais, por Silvia Cordeiro;
- Povos Quilombolas de Floresta, feita pelo Profº João Luiz da Silva, do IF Sertão/PE.

Etnia Indígena Pipipã de Floresta/PE (Foto: Kêco Cavalcante)

A Etnia Indígena Pipipã de Floresta/PE, liderada pelo Cacique Valdemir, participou com as apresentações do Toré, trazendo para o evento o conteúdo da tradição e espiritualidade da cultura indígena.

Grupo Sou da Terra (Foto: Kêco Cavalcante)

O Instituto Cultural Raízes, também foi destaque no evento apresentando o Grupo Sou da Terra, que levou aos presentes na forma percussiva e cantada, músicas e toadas de influência Banto na Cultura Afrobrasileira e especialmente afropernambucana, expressadas no Maracatu de Baque Virado e no Coco de Roda.

Mestre Lepê Correia, cantando Afoxé junto com o Grupo Sou da Terra (Foto: Kêco Cavalcante) 

Um momento de muito Axé e grande emoção, foi a participação do Mestre Lepê Correia, junto com o Grupo Sou da Terra, cantando Afoxé e contagiando os presentes com uma das mais fortes expressões e tradições dos povos de Matriz Africana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário