IMPORTÂNCIA DA HISTÓRIA

IMPORTÂNCIA DA HISTÓRIA

VEM AI O MAIOR EVENTO DE CULTURA AFROBRASILEIRA DO SERTÃO PERNAMBUCANO

VEM AI O MAIOR EVENTO DE CULTURA AFROBRASILEIRA DO SERTÃO PERNAMBUCANO
10 ANOS DE CONSCIÊNCIA NEGRA EM FLORESTA-PE

PROJETO TV RAÍZES

PROJETO TV RAÍZES
CONHEÇA NOSSO PROJETO - SEJA NOSSO PARCEIRO(A)

quarta-feira, 21 de março de 2018

21 de Março – Dia Internacional contra a Discriminação Racial



A História

No dia 21 de março de 1960, na cidade de Joanesburgo, capital da África do Sul, 20 mil negros protestavam pacificamente contra a lei do passe, que os obrigava a portar cartões de identificação, especificando os locais por onde eles podiam circular.

Era o auge do Apartheid, regime de segregação racial adotado de 1948 a 1994 pelos brancos na África do Sul e, no bairro de Shaperville, os manifestantes se depararam com tropas do exército. Mesmo sendo uma manifestação pacífica, o exército atirou covardemente sobre a multidão desarmada, matando 69 pessoas e ferindo outras 186. 

Essa ação ficou conhecida como o Massacre de Shaperville. Em memória à tragédia, a ONU – Organização das Nações Unidas – instituiu 21 de março como o Dia Internacional de Luta pela Eliminação da Discriminação Racial.

MASSACRE DE SHAPERVILLE

O Artigo I da Declaração das Nações Unidas sobre a Eliminação de Todas as Formas de Discriminação Racial diz o seguinte:

“Discriminação Racial significa qualquer distinção, exclusão, restrição ou preferência baseada na raça, cor, ascendência, origem étnica ou nacional com a finalidade ou o efeito de impedir ou dificultar o reconhecimento e exercício, em bases de igualdade, aos direitos humanos e liberdades fundamentais nos campos político, econômico, social, cultural ou qualquer outra área da vida pública”

O racismo se apresenta, de forma velada ou não, contra judeus, árabes, mas sobretudo negros. No Brasil, onde os negros representam mais da metade da população, o racismo ainda está muito presente, sobretudo nos dias atuais, com o crescimento de uma onda de ódio, preconceito e intolerância, expressados majoritariamente nas redes sociais.

O Instituto Cultural Raízes

Em Floresta e região, o Instituto Cultural Raízes, tem sido destaque e referência na luta contra o Preconceito e a Discriminação Racial.

Com uma atuação voltada para o resgate e preservação das tradições culturais afrobrasileiras e indígenas, o Instituto Raízes realiza um trabalho de fortalecimento dos vínculos sociais e culturais dos afrodescendentes e indígenas, contribuindo para a formação da identidade sócio-cultural.

Nenhum comentário:

Postar um comentário