IMPORTÂNCIA DA HISTÓRIA

IMPORTÂNCIA DA HISTÓRIA

VEM AI O MAIOR EVENTO DE CULTURA AFROBRASILEIRA DO SERTÃO PERNAMBUCANO

VEM AI O MAIOR EVENTO DE CULTURA AFROBRASILEIRA DO SERTÃO PERNAMBUCANO
10 ANOS DE CONSCIÊNCIA NEGRA EM FLORESTA-PE

PROJETO TV RAÍZES

PROJETO TV RAÍZES
CONHEÇA NOSSO PROJETO - SEJA NOSSO PARCEIRO(A)

domingo, 9 de julho de 2017

Escola Major João Novaes Homenageia Pedro Euzébio

Quadrilha Junina da Escola Major João Novaes

No dia 29 de junho de 2017, a Escola Municipal Major João Novaes, realizou os festejos juninos em sua quadra poliesportiva.

A iniciativa recebe os elogios e o reconhecimento do Instituto Cultural Raízes pelo fato da direção da escola optar por realizar um São João sem fugir das características tradicionais das nossas festividades juninas nordestinas (com a organização de apresentações de danças e quadrilhas juninas, com alunos(as) e professores(as).

Apresentação de Dança do Instituto Cultural Raízes

O Instituto Cultural Raízes, se fez representar com a coreografia para a música Repente Virado, que mistura os ritmos do Maracatu de Baque Virado e do Coco, dançado pelos integrantes Priscila, Ana Beatriz, Júnior e Sâmara.

A Gestora Corrita Souza, com Pedro Euzébio e seus familiares

O ponto alto da noite, foi a homenagem especial prestada ao Mestre Sanfoneiro Pedro Euzébio, um dos mais tradicionais sanfoneiros de Floresta e região, o qual mantém uma tradição herdada de seu pai e que hoje também é seguida pelo seu próprio filho.

De acordo com a Gestora da Escola Major João Novaes, profª Maria do Socorro de Sá Souza (Corrita Souza, como assim é conhecida), a escolha partiu de sua proposta de se homenagear uma pessoa da comunidade, pai e avô de alunos(as) da escola e que representa uma das mais fortes tradições de Floresta e região que é o Forró Pé de Serra.

"Com a homenagem a Pedro Euzébio, pudemos demonstrar o carinho pelo artista e sua história, bem como mostrar a cultura de um povo simples e que tem enorme dedicação ao que faz. Foi um momento único e maravilhoso que aconteceu em nossa escola", concluiu Corrita Souza.

Nenhum comentário:

Postar um comentário