IMPORTÂNCIA DA HISTÓRIA

IMPORTÂNCIA DA HISTÓRIA

VEM AI O MAIOR EVENTO DE CULTURA AFROBRASILEIRA DO SERTÃO PERNAMBUCANO

VEM AI O MAIOR EVENTO DE CULTURA AFROBRASILEIRA DO SERTÃO PERNAMBUCANO
10 ANOS DE CONSCIÊNCIA NEGRA EM FLORESTA-PE

PROJETO TV RAÍZES

PROJETO TV RAÍZES
CONHEÇA NOSSO PROJETO - SEJA NOSSO PARCEIRO(A)

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Secretário Estadual de Cultura realiza reunião em Floresta


No último sábado 14 de setembro, o Secretário Estadual de Cultura, Marcelino Granja, participou (na Casa da Confraria do Rosário) de reunião com vários representantes da Cultura da cidade de Floresta, que contou ainda com a presença do Prefeito e Vice-Prefeito do município, além de outras representações à exemplo do Instituto Cultural Raízes.

Após fazer explanação inicial e em seguida ouvir perguntas e propostas dos participantes, o Secretário de Cultura, anunciou para Floresta a realização da Pré-Conferência Estadual de Cultura da região do sertão de itaparica, cuja data ficou definida para o dia 20 de novembro de 2017, Dia Nacional da Consciência Negra.

Outra importante decisão foi anunciada pelo secretário, que é a instalação de um escritório regional da Secretaria Estadual de Cultura em Floresta, com a finalidade de atender as demandas culturais da região sertaneja.

Anunciou ainda, a tomada de providências no sentido de realizar capacitações de produtores culturais da região, para possibilitar o acesso aos editais do Funcultura.


O Instituto Cultural Raízes foi representado pelo seu Presidente, Libânio Neto e, pelos demais diretores: Marciano, Márcio, Júnior, Igor, Priscila, Sâmara e Ana Beatriz.

Em sua fala, Libânio Neto destacou a dimensão do trabalho realizado pelo Instituto Raízes em Floresta e região e, especialmente na Comunidade do Vulcão/Escondidinho, com seus resultados positivos já alcançados. Falou ainda das dificuldades enfrentadas para manter o trabalho, sobretudo no que diz respeito a falta de apoio financeiro governamental.

Destacou também a importância de se retomar o incentivo a constituição do Pólo das Etnias, centralizado em Floresta, e a necessária valorização dos artistas e grupos culturais existentes na região.

Concluindo, Libânio Neto falou da experiência do Instituto Raízes em manter a realização da celebração da Consciência Negra, desde o ano de 2010 em Floresta e, solicitou apoio para a realização da celebração nesse ano de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário